Brian De Palma vs. Harvey Weinstein

Otavio Almeida 6 de junho de 2018 0
Brian De Palma vs. Harvey Weinstein

Brian De Palma é um dos mestres da sétima arte, o segundo diretor mais famoso do suspense e reinou nos 70 e 80 com clássicos como “Scarface”, “Carrie: A Estranha”, “Os Intocáveis” e “O Pagamento Final” (esse aqui é do início da década de 90). Mas seu desgosto pelas engrenagens de Hollywood refletiu drasticamente em sua carreira nas últimas décadas, porque seus filmes mais recentes não foram pensados para agradar ninguém, provavelmente nem mesmo ao cineasta.

Há tempos que um projeto anunciado por De Palma não agita a indústria, mas parece que ele tem algo a dizer sobre a situação envolvendo o produtor Harvey Weinstein, preso devido a uma série de acusações de abusos e assédios sexuais.

É um projeto promissor por três motivos: Brian De Palma, essa ideia veio à tona como um filme de terror e Hollywood costuma acertar quando não espera muito para tentar entender a história americana. Por exemplo, “Apocalypse Now” e “Platoon” saíram próximos à Guerra do Vietnã, “Todos os Homens do Presidente” estreou na sequência do Watergate e “A Rede Social” chegou nos primeiros anos de popularidade do Facebook.

“Estou escrevendo um filme sobre esse escândalo, um projeto que estou conversando com um produtor. Meu personagem não se chamará Harvey Weinstein, mas será um filme de terror, com esse agressor sexual, e se passará na indústria do cinema.”, afirmou De Palma à revista francesa Le Parisien.

O produtor citado pelo cineasta é  Saïd Ben Saïd, de “Elle”, e o roteiro tem “Predator” (Predador) como título provisório, embora o monstro neste caso seja mais perigoso que o alienígena da franquia “O Predador”.

É um projeto bem interessante, não? Ainda mais com o nome de um dos maiores diretores de todos os tempos à frente.

Deixe seu comentário »