Cary Fukunaga é um acerto da franquia 007

Otavio Almeida 23 de setembro de 2018 0
Cary Fukunaga é um acerto da franquia 007

Vamos falar a verdade: os produtores Michael G. Wilson e Barbara Broccoli mandam na franquia de James Bond. E conta muito a opinião do astro Daniel Craig. Ora, por que vocês acham que um diretor que banca sua visão (como Danny Boyle, que saiu recentemente dessa) nunca dirigiu um 007? Desde 1962, quando Sean Connery foi Bond pela primeira vez em “O Satânico Dr. No”, jamais vimos um cineasta consagrado comandar um filme de 007.

Mas, ainda assim, a franquia vem fazendo um esforço louvável ao tentar nomes de peso, como Sam Mendes (Skyfall, Spectre), Boyle, que já abandonou o barco, e, agora, Cary Joji Fukunaga, contratado para dirigir o 25º longa da série.

As tais divergências criativas que causaram a recente saída do cineasta Danny Boyle estão ligadas ao relacionamento do diretor com Craig. Mas Fukunaga, além de bem mais jovem (tem 41 anos), não tem tantos filmes celebrados no currículo, embora seus poucos e bons trabalhos tenham feito um barulho imenso. É o talento por trás da primeira temporada de “True Detective” e da nova minissérie da Netflix, “Maniac”, estrelada por Emma Stone e Jonah Hill. Fukunaga também assinou o ótimo “Beasts of No Nation”. Ou seja, talvez agarre a chance de trabalhar com um orçamento gigantesco na mesma proporção em que a franquia de James Bond precisa de um fôlego renovado após o desastre (em termos de qualidade) que foi “007 Contra Spectre”. Ainda mais agora que “Missão: Impossível”, outra série lucrativa sobre agentes secretos, anda bem na frente quando falamos em criatividade.

As filmes do 25º James Bond começam em março de 2019 e a estreia está marcada para 14 de fevereiro de 2020.

Deixe seu comentário »