Por favor, Hollywood, deixe-me sentir saudade do Batman

Otavio Almeida 1 de junho de 2019 0
Por favor, Hollywood, deixe-me sentir saudade do Batman

Robert Pattinson está confirmadíssimo como o novo Batman do cinema. Alguns gostaram da notícia, outros odiaram, enquanto infelizes criaram uma petição para derrubar o ator. Nada de novo no front, mas o que me surpreende é que não tem ninguém cobrando um bom filme do diretor Matt Reeves (a estreia de The Batman está prevista para junho de 2021). Apenas discutem se Pattinson foi uma boa escolha ou não.

No final dos anos 80, quando não existia Facebook, Twitter e Instagram, reclamaram de Michael Keaton. Hoje, sentem saudades. Em 2006 ou 2007, não lembro exatamente o ano, alguns torceram seus narizes quando Heath Ledger foi anunciado como o Coringa de O Cavaleiro das Trevas. Desde que o filme estreou em 2008 até hoje, a atuação de Ledger segue intocável no quesito idolatria.

Enfim, acho que precisam cobrar um bom filme antes de qualquer coisa. Ainda mais depois da Era Zack Snyder, que passou vergonha ao suceder a Christopher Nolan. Mas já pararam para pensar que não dá tempo de sentir falta do personagem. Errou? Começa de novo. O ator saiu? Contrata outro e começa de novo. Imagine ficar alguns anos sem um filme do Batman. Imagine a saudade alimentada até o anúncio de um novo filme depois de um longo hiato. Pensem na expectativa gerada nos fãs. Seria uma explosão nas bilheterias. Mas, cara, não tem descanso. Como James Bond e o Homem-Aranha. Você pisca e já tem outro ator no papel. Sei que é um cenário impossível em Hollywood. A não ser que a pauta seja Harrison Ford e Indiana Jones (por enquanto).

Desde 1989, quando Tim Burton começou essa onda de super-heróis invadindo os cinemas, o maior intervalo que Batman enfrentou nas telas foi de oito anos, período entre o ridículo Batman & Robin, de Joel Schumacher, e o urgente Batman Begins, de Christopher Nolan, que jogou Hollywood de vez na era dos reboots. O resto da história, vocês já conhecem, sucesso e tal. Mas foi o dobro do que esperaremos agora. Se tudo correr conforme planejado, o hiato entre Liga da Justiça e The Batman será de apenas quatro anos.

Enfim, Hollywood, deixe-me sofrer um pouco e curtir essa adorável angústia. Deixe-me sentir saudade do Batman e de outros personagens favoritos.

Deixe seu comentário »