A Star Wars Story: em busca do formato ideal

Otavio Almeida 16 de agosto de 2019 0
A Star Wars Story: em busca do formato ideal

Aí está algo que os fãs queriam: Ewan McGregor está negociando seu retorno como Obi-Wan Kenobi. Há tempos que o ator também queria isso. No entanto, todos esperavam um filme para o cinema com o personagem, mas a ideia se desdobrou surpreendentemente até virar uma série exclusiva do Disney +.

Como disse em meu texto sobre o sucesso da Disney e a preocupação com os outros estúdios, estamos vivendo uma fase de transição. O que é cinema? O que serve mais para a TV? Cinema seria atualmente apenas uma experiência coletiva? Eis a questão.

Mas a Disney está planejando e, vamos admitir, não é tudo que precisa virar longa-metragem. No momento, o estúdio parece acreditar que projetos que não geram tanta confiança quanto seus retornos nas bilheterias devem ganhar uma primeira chance no Disney +.

Blasfêmia? É só relembrar o resultado de Han Solo: Uma História Star Wars aquém das expectativas. Rogue One: Uma História Star Wars alcançou números mais expressivos, mas nada que faça repensar a saga “oficial” composta por O Despertar da Força e Os Últimos Jedi. E falo em termos de qualidade também.

Se tivessem esperado mais um pouco, acho que Han Solo seria uma série do Disney +, e com potencial para render muito mais, só que virou um filme costurado por episódios distintos, desiguais em tom e ritmo. Aliás, por que não dar uma nova chance e continuar as aventuras de Han e Chewie numa série para a TV com os mesmos atores? Talvez seja um formato mais apropriado.

Por exemplo, o cineasta Jon Favreau, que assinou sucessos como Homem de Ferro e o novo O Rei Leão, poderia muito bem levar seu The Mandalorian para o cinema. Mas foi pioneiro ao direcionar o projeto para o Disney +.

É claro que queremos ver mais Star Wars no cinema e isso não vai parar. Mas é preciso planejar o formato ideal para cada história. Na atual conjuntura, depois de Rogue One e Han Solo, acho justa a decisão tomada em relação a Obi-Wan Kenobi, que tem tudo para fazer muito mais sucesso na plataforma de streaming do que no cinema.

Vamos comparar? Você acha mesmo que precisamos de filmes sobre Loki, Soldado Invernal e Gavião Arqueiro depois de Vingadores: Ultimato? É o que a Marvel Studios preferiu fazer: apostar em séries de TV.

Deixe seu comentário »